terça-feira, 24 de maio de 2011

Uma carta cheia de sentimentos

  Minha querida, entenda que não podemos mais permanecer juntos. O que sempre quis te proporcionar era somente felicidade, mas você só encontrou pontos negativos em tudo que eu fazia. E sempre menospreza tudo que a ti digo, e continua a fazer este coração em pedaços e não o deixa lutar por aquilo que quer, sempre abrindo a porta de nossa casa para o desespero e para a discórdia. Sua falta de compreensão, sua confusão está a destruir minha casa e isso não posso permitir, pois vim para refazer este lugar. Somos totalmente diferentes um do outro, sei que tentamos, mas nunca fui feliz ao teu lado, porque o que sempre procurei encontrei muito antes de você aparecer; mas você fez de tudo para que pudesse estar aqui. E assim destruiu tudo que havia antes. E agora, estou disposto a lutar, mais uma vez, pelo que quero mas com você ao lado meu isso não será possível. Então, a ti peço educadamente que saia deste coração que eu me encontrava adormecido, fui despertado por outro igual a mim e juntos reconstruímos este coração tão despedaçado, e entre dois corações que se completaram vivemos felizes até a sua chegada e de seus amigos a discórdia, o desespero, a insegurança e a terrível desconfiança. Não quero ser frio com você, mas para que eu possa ser feliz mais uma vez você deve sair. Espero que me entenda, fui criado para proporcionar felicidade, mas gosto de recebê-la também. E antes de você aparecer em meu caminho eu fui muito feliz e estou disposto a fazer o que for preciso para unir, mais uma vez, estes dois corações pois eles se encaixam, se completam perfeitamente, e deste modo ser feliz mais uma vez. Espero que um dia você entenda a minha decisão; ela foi tomada para o bem de minha casa, o coração. Então querida Dor é chagada a hora de você partir e deixar que sejamos felizes juntos outra vez. 
                                            Atenciosamente,
                                                                  o Amor.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

E é por isso...

Você diz que ama a chuva, mas você abre seu guarda-chuva quando chove. Você diz que ama o Sol, mas você procura um ponto de sombra quando o Sol brilha. Você diz que ama o vento, mas fecha suas janelas quando o vento sopra. É por isso que tenho medo, você também diz que me ama.


William Shakespeare.

2 motivos


Só existem 2 motivos para alguém se preocupar com você:
ou ela te ama muito, ou você tem algo que ela queira muito.